Participantes do projeto Ativa Idade cultivam o ´Jardim do Manoel´

´Deus disse: Vou ajeitar a você um dom: Vou pertencer você para uma árvore. E Pertenceu-me (...)´, diz Manoel de Barros no poema ´Deus Disse´.


Com o propósito de promover uma atividade manual prazerosa e incentivar o cultivo de plantas em casa neste período de pandemia do novo coronavírus, a Fundação Manoel de Barros, preparou um kit de jardinagem com uma jardineira, sementes variadas e terra, para os 88 idosos do projeto Ativa Idade cultivarem o ´Jardim do Manoel´.

Esses kits foram entregues pelos colaboradores da Fundação para cada participante, no portão de suas residências, seguindo todas as medidas de segurança e de prevenção contra a covid-19, como uso de máscaras, luvas, álcool em gel e com a distância necessária, sem nenhum contato físico, no dia 29 de setembro.

Entre as espécies enviadas no Kit de Jardinagem, foram mudas de alecrim, erva-doce, camomila, pimenta biquinho e/ou tomate cereja, sendo duas espécies para cada participante. Os idosos também receberam via whatsapp vídeos produzidos pelo curso de Agronomia da Uniderp, com orientações sobre as formas de plantio e cuidados.

O projeto Ativa Idade é realizado pela FMB desde 2013 e tem o propósito de promover a autoconfiança do idoso, para que ele se torne uma pessoa mais participativa na sociedade. São oferecidas aulas de ginástica, informática, canto, pilates e tai chi chuan, além de rodas de conversa, dinâmicas e oficinas com profissionais de diversas áreas. Antes da pandemia as atividades eram diárias e presenciais, mas com a atual conjuntura, a entidade passou a criar estratégias e atividades onlines para continuar caminhando ao lado dos idosos, como o projeto `Jardim do Manoel´.

Fonte: Assessoria de Imprensa Fundação Manoel de Barros.

0 views0 comments