Com Plano de Biossegurança, projeto Ativa Idade retorna com aulas presenciais.

Frente a pandemia do novo coronavírus, após vários meses de atividades onlines, o projeto Ativa Idade, da Fundação Manoel de Barros, retorna com aulas presenciais de canto, ginástica e tai chi chuan. As atividades e atendimentos estão sendo realizadas com base em um Plano de Biossegurança, criado com medidas voltadas para ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos.

Conforme o diretor da FMB, Marcos Henrique Marques, o Plano de Biossegurança busca, em primeiro lugar, a preservação das vidas, visando conciliar o retorno das atividades presenciais da Fundação e a prevenção à disseminação do novo Coronavírus: “O plano possui frentes de atuação que visam contribuir para a reabertura de maneira segura, organizada, em respeito às decisões governamentais e seguindo os principais protocolos de segurança individuais e coletivos estando fundamentados nas Resoluções SESAU/SEMADUR nº 5, de 17 de abril de 2020; SESAU/SEMADUR/SAS n. 01, de 03 de novembro de 2020 e, decreto nº 14.518, de 30 de outubro de 2020”.

As atividades do projeto Ativa Idade que atendem ´jovens acima de 55 anos´, na sua maioria idosos, como tantos outros Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculo, sofreram impactos diretos pelas medidas de combate a pandemia do novo coronavírus. Essas medidas, sobretudo de isolamento, foram e são necessárias e beneficiam principalmente o grupo de perfil dos usuários que possuem mais de 60 anos, que fazem parte do grupo de maior risco quando acometidos pela doença. Contudo, a retomada de forma responsável dessas atividades impacta de forma positiva na vida de seus usuários, trazendo bem estar físico e mental e, contribuindo para saúde e qualidade de vida.

“Sabemos que o novo coronavírus fará parte do nosso cotidiano de forma intermitente e levará tempo até o surgimento de uma vacina que assegure imunidade para todos. Até lá, precisamos encontrar formas de conviver com ele, com essa nova normalidade, minimizando os riscos. Dessa forma, acreditamos que a única saída possível é a adoção de protocolo rígido de biossegurança para retomada das nossas atividades, uma condição que se impõe imperiosa no momento. Com as medidas propostas, demonstramos à população o quanto estamos preparados para oferecer um ambiente seguro e adequado à nova normalidade”, completa.

Nas segundas-feiras, das 8h às 10 horas, acontecem as aulas presenciais de dança e ginástica. Nas terças, às 8 horas, aulas onlines de Informática e, às 14 horas, aulas onlines de pilates. Nas quartas, às 14 horas, aulas presenciais de canto. Nas quintas, às 14 horas, aulas onlines de pilates. E, nas sextas-feiras, às 8 horas, aulas presenciais de tai chi chuan.

O projeto Ativa Idade é realizado pela FMB desde 2013 e tem o propósito de promover a autoconfiança do idoso, para que ele se torne uma pessoa mais participativa na sociedade. Atualmente a FMB atua com patrocínio da Águas Guariroba, Comper, Getnet, Raizen e Uniderp e, conta com parceiros como: Conselho Municipal do Idoso, Secretaria Municipal de Assistência Social e Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho. Mais informações em www.fmb.org.br/, Facebook, Instagram ou pelo telefone (67) 3384-8042.

Fonte: Assessoria de Imprensa Fundação Manoel de Barros.

0 views0 comments